Está aqui

DNA Cascais comemora 10 anos e lança 27 novas empresas em 2016

A agência de empreendedorismo DNA Cascais possibilitou este ano a criação de 27 novas empresas e mais de 80 novos postos de trabalho, representando um investimento de 2 milhões de euros. A apresentação das “startups” decorreu durante o 3º Congresso de Empresas DNA.

A DNA Cascais que se iniciou em 2007 num pequeno escritório no Centro de Congressos do Estoril, conta, nestes 10 anos de atividade, com números impressionantes no seu currículo: 292 empresas que ajudou a criar, representando um investimento de 53 milhões de euros, a criação de mais de 1.500 novos postos de trabalho, com uma taxa de mortalidade das empresas inferior a 20%.

“A DNA Cascais contribuiu decisivamente para a promoção e desenvolvimento do espírito empreendedor no concelho” afirmou Paulo Andrez, Administrador da agência, na sua intervenção no 3º Congresso de Empresas DNA, acrescentando: “ O Ninho de Empresas conta hoje com 3000 m2 e acolhe mais de 60 empresas, em rotatividade”.

O presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, presente no encerramento do Congresso, lembrou que a DNA foi uma ideia pioneira já que, “ há 10 anos estas matérias não estavam sequer na ordem do dia, nem faziam parte da agenda política em Portugal”.   

Face aos números apresentados, nestes 10 anos de DNA, Carlos Carreiras lembrou: “ Cumprimos aquilo que projetamos e, passados estes anos todos, os objetivos foram superados. Hoje, a DNA tem uma dinâmica própria, com uma resposta muito positiva da comunidade, demonstrando um espírito empreendedor a vários níveis, como o social, desportivo, ambiental e muitos outros”.

Questionado sobre o futuro da Agência de Empreendedorismo Paulo Andrez esclareceu: “ A aposta da DNA é agora a diversificação e a internacionalização, assim como a aquisição de um ainda maior protagonismo no habitat empreendedor.”

O projeto Escolas Empreendedoras que tem por objetivo o incentivo e estímulo da criatividade e inovação nos jovens, tem sido um instrumento fundamental para a promoção e desenvolvimento do empreendedorismo no concelho. “Este ano o número de estudantes envolvidos ultrapassou as expetativas, com 10.000 jovens a participar” referiu Paulo Andrez.

Das 27 novas empresas que a DNA Cascais ajudou a criar em 2016, destaque para a startup “Thoughts Feels Good”, criada por Diogo Sousa e Melo. Lançada a 21 de janeiro deste ano, a aplicação que permite partilhar emoções em tempo real, está já no top 10 das apps gratuitas de redes sociais.

“Já sou repetente no apoio da DNA, visto que já tenho uma outra empresa de design que também recebeu a ajuda da agência” admitiu Diogo Sousa e Melo. O jovem empreendedor confessa que sem a DNA tudo seria muito mais difícil “porque quem quer criar uma empresa, não tem que saber tudo de tudo”, sendo o apoio a nível da burocracia e até da procura de financiamento os mais decisivos.    

 

Sugerimos também

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisbanner_bairromuseus_0banner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais