Esta Semana

30 set
EVENTO ADIADONo âmbito das medidas recomendadas pela Direção Geral da Saúde ...
01 out
EVENTO ADIADONo âmbito das medidas recomendadas pela Direção Geral da Saúde ...
02 out
EVENTO ADIADONo âmbito das medidas recomendadas pela Direção Geral da Saúde ...

Temas

+ Votados

Centro Cultural de Cascais


3ª feira a domingo10h00-13h00 | 14h00-18h00
Segunda-feiraEncerrado

Centro Cultural de Cascais Avenida Rei Humberto II de Itália, S/N
2750-800 Cascais

AVISO
No âmbito do desconfinamento controlado, em contexto de pandemia #Covid19, informamos que a partir de dia 19 de maio, os Equipamentos Culturais estão abertos ao público.
Importa, porém, observar o cumprimento de um conjunto de novas regras para a proteção de todos.
Estarão os equipamentos culturais abertos de terça-feira a domingo seguindo os horários habituais. Excecional e temporariamente os equipamentos vão encerrar no período de almoço (entre as 13h00 e as 14h00). 
Conheça AQUI as regras temporárias.

---

VER VIDEO

Edifício secular, o Centro Cultural de Cascais nasceu da reabilitação do antigo Convento de Nossa Senhora da Piedade.

Abriu as suas portas a 15 de maio de 2000 e constitui hoje um espaço multidisciplinar, especialmente vocacionado para as artes visuais. Dispõe ainda de um acolhedor auditório com capacidade para 144 lugares, adequado ao acolhimento de conferências, seminários, pequenos concertos de música e performances, bem como uma agradável cafetaria servida por uma esplanada localizada num pátio interior.

O convento foi edificado por iniciativa do IV Conde de Monsanto, D. António de Castro, que nele desejava instalar o primeiro Colégio Português de Filosofia, tendo as obras sido concluídas em 1641. A história do convento até 1834, está descrita na Crónica das Carmelitas Descalças, ordem religiosa que o ocupou até essa data. Quando nesse ano as ordens religiosas foram extintas, o convento ficou votado ao abandono e em ruína.

Depois de passar por diversos proprietários foi adquirido pelo Visconde da Gandarinha, em finais do século XIX, que ali mandou instalar o seu palácio de veraneio.

Já em meados do século XX o edifício foi adquirido pela família Espírito Santo e, em 1977, a Câmara Municipal de Cascais tomou posse, por escritura de doação, da Sociedade Casas da Gandarinha SARL, com a salvaguarda da gestão da capela pela autoridade eclesiástica local.

A recuperação do antigo convento teve início em março de 1994, num projeto faseado. A ala norte foi a primeira a ser concluída, tendo as restantes alas (nascente, sul e poente) sido alvo de escavações arqueológicas que terminaram em 1997.

Com uma gestão partilhada entre a Fundação D. Luís, responsável pela programação do centro de exposições, e a Câmara Municipal de Cascais, que assegura a programação do auditório, o Centro Cultural conta igualmente com um Serviço Cultural e Educativo muito dinâmico.

Consulte aqui a bilhética

Contactos:
Centro de exposições: 214815660/5 | geral@fundacaodomluis.pt | www.fundacaodomluis.pt
Auditório: 214 815 665 | dapc@cm-cascais.pt
Cafetaria e restaurante: 214866402 | 916202221 | conversasnagandarinha@hotmail.com



Pesquisar na agenda

Cascais Digital

360_146x65mobi_146x65loja_146x65geo_146x65ambiente_146x65-01cultura_146x65jovem_146x65participa_146x65fix_146x65my_146x65