CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Cascais recebe pela primeira vez a maior prova do IRONMAN

Evento único em Portugal juntou 3 mil atletas e milhares de visitantes.

Fez-se história em Portugal, nesta manhã de sábado, a partir da Baía de Cascais. Com um cenário inspirador, às 7h35 da manhã e na presença de três mil atletas e milhares de visitantes, ouviu-se “A Portuguesa” cantada à capela. O momento único antecedeu o tocar do sino que deu início ao primeiro IRONMAN de “distância completa” no País. “É um sonho tornado realidade, depois de tantos anos de trabalho”, disse, emocionado, Jorge Pereira, embaixador do IRONMAN em Portugal.

Os “heróis de ferro” partiram rumo a 226 quilómetros de prova (3,8 de natação, 180 de ciclismo e 42,2 quilómetros de corrida), que, já no final, Bernardo Cadeiras, um dos primeiros portugueses a cortar a meta, caraterizou de “uma enorme superação, bastante dura e só conquistável com uma componente mental muito forte”.

Devem ter sido esses mesmos os elementos que não faltaram ao primeiro coroado “IRONMAN” de Portugal, o francês Jérémy Beaudi, o primeiro a cortar a meta, depois de 8 horas 56 minutos e 27 segundos de prova. Já Stephanie Clutterbuck (Grã-Bretanha) foi a primeira mulher a completar o percurso, em 9 horas 52 minutos e 47 segundos.

Com as cores de Portugal, Rui Narigueta foi o primeiro a chegar à meta, em nono lugar, e com um tempo final de 9 horas, 12 minutos e 18 segundos.

“É um evento que é muito mais do que um evento desportivo. O IRONMAN coloca Cascais no mapa do Mundo e é sobre valores relacionados com superação, vencer os obstáculos. É precisamente isso que hoje celebramos aqui”, refere Francisco Kreye, vereador da Câmara Municipal de Cascais com o pelouro do Desporto.

Com esta prova, Portugal vai entrar pela primeira vez no calendário de provas de qualificação para o Campeonato do Mundo: são 45 slots para o Campeonato do Mundo IRONMAN em Kailua-Kona Hawaii 2022.

“Acho que realmente é algo que nos fica marcado. Este nascer do sol, nesta Baía de Cascais é fantástico. Nunca poderia ficar em casa porque hoje vou com a alma cheia e era algo que eu precisava mesmo. Depois de tudo aquilo por que passámos, isto hoje dá-nos uma vontade de acreditar que vamos vencer tudo. A força está nestes atletas e esta autarquia é um orgulho muito grande”, expressou uma das visitantes, munícipe, que se deslocou ao centro de Cascais para assistir à prova.

Relembra-se que, o IRONMAN - distância completa – realiza-se em apenas em 40 países no Mundo e que o impacto estimado na economia local é de 20 milhões de euros. O evento conta com mais de 70 nacionalidades representadas, cerca de 88% de estrangeiros. 

Neste domingo, a partir das 9h45, começa a 4.ª edição do IRONMAN 70.3 - 1,9 quilómetros de natação, 90,1 quilómetros de ciclismo e 21,1 quilómetros de corrida -, que conta com a presença de dois mil atletas.

Mais sobre o IRONMAN aqui | Ver cortes de trânsito aqui

SJ/CMC

Cascais Digital

my_146x65loja_146x65_0geo_146x65_0fix_146x65360_146x65_0my_146x65loja_146x65_0geo_146x65_0fix_146x65360_146x65_0