Esta Semana

22 jan
LEVE UM, DEIXE UM!Ao longo do ano, neste espaço da biblioteca poderá encontrar ...
23 jan
LEVE UM, DEIXE UM!Ao longo do ano, neste espaço da biblioteca poderá encontrar ...
24 jan
LEVE UM, DEIXE UM!Ao longo do ano, neste espaço da biblioteca poderá encontrar ...

Temas

+ Votados

Rota das árvores


Cascais é um concelho que prima pela defesa do seu património histórico, cultural e ambiental. Deste último fazem parte as árvores existentes em todo o território, que desempenham um papel fundamental na manutenção da biodiversidade do município, tanto em meio natural como urbano.

Visando dar a conhecer as diferentes espécies, esta rota reúne informação sobre os exemplares mais emblemáticos do nosso concelho, uma vez que a lista de espécies arbóreas de Cascais vai para além da lista de espécies indicadas neste roteiro que apenas cobre o centro de Cascais, num trajeto comodamente visitável a pé, por quem pretenda conhecer melhor a monumentalidade de alguns exemplares, em complementaridade com outros aspetos de interesse cultural também patentes.
Sabia, por exemplo, que Cascais tem árvores provenientes dos mais diversos pontos do planeta, da Ásia ao Médio Oriente, passando pela América Latina?
O roteiro revela isso e muito mais: o tipo de folha de cada árvore, o seu período de floração e a utilidade de cada espécie são informações que os munícipes e visitantes poderão encontrar neste circuito.
 
 
Pitósporo japonês (Pittosporum tobira)
Origem: Japão e China
Altura: Até 7 metros
Folha: Persistente
Floração: Março a junho
Utilidades: Construção de sebes, ornamental
 
Casuarina (Casuarina equisetifolia)
Origem: Sudoeste Asiático, Austrália e Polinésia
Altura: Até 35 metros
Folha: Persistente
Floração: Primavera e outono
Utilidades:  Quebra-ventos, controlo da erosão e melhoradora dos solos, resistente à poluição urbana
 
Jacarandá (Jacaranda mimosifolia)
Origem: América do Sul
Altura: Até 15 metros
Folha: Caduca
Floração: Maio a junho
Utilidades: Ornamental, resistente à poluição urbana, óleo da casca usado com fins medicinais
 
Salgueiro-chorão (Salix babylonica)
Origem:China
Altura: Até 20 a 25 metros
Folha: Caduca
Floração: Abril a maio
Utilidades: Ornamental, utilizada experimentalmente na recuperação de águas poluídas
 
Paneira sumaúmai (Ceiba speciosa)
Origem: Brasil e Bolívia
Altura: Até 20 metros
Folha: Caduca
Floração: Agosto a outubro
Utilidades: Ornamental, produção de fibras e de óleos alimentares a partir da semente
 
Lodão-bastardo (Celtis australis)
Origem: Sul da Europa e Médio Oriente
Altura: Até 25 metros
Folha: Caduca
Floração: Abril a maio
Utilidades: Amplamente usada como árvore de arruamento, fruto comestível e folhas medicinais
 
Tipuana (Tipuana tipu)
Origem: Brasil, Argentina e Uruguai
Altura: Entre 10 e 20 metros
Folha: Marcescente [semi-caduca]
Floração: Junho a agosto
Utilidades: Ornamental, resistente à poluição urbana
 
Freixo (Fraxinus angustifolia)
Origem: Europa Central e do Sul, Bacia Mediterrânica
Altura: Até 25 metros
Folha: Caduca
Floração: Maio
Utilidades: Ornamental, madeira com interesse pela sua resistência e elasticidade
 
Figueira de folha pequena (IFicus rubiginosa)
Origem: Austrália
Altura: Até 30 metros
Folha: Persistente
Floração: Agosto a outubro
Utilidades: Ornamental e popularmente usada como bonsai
 
Eucalipto (Eucalyptus globulus)
Origem: Austrália [Tasmânia]
Altura: 60 metros ou mais
Folha: Persistente
Floração: Setembro a dezembro
Utilidades: Polpa usada na indústria do papel, primeira espécie florestal em Portugal em área
 
Cipreste do Buçaco (Cupressus lusitanica)
Origem: México e América Central
Altura: Até 40 metros
Folha: Persistente
Floração: Março a maio
Utilidades: Produção de madeira, ornamental
 
Tília (Tilia cordata)
Origem: Europa
Altura: Até 30 metros
Folha: Caduca
Floração: Julho
Utilidades: Madeira para marcenaria, infusão das flores com propriedades calmantes, ornamental
 
Plátano (Platanus x hibrida)
Origem: Indefinida
Altura: Até 35 metros
Folha: Caduca
Floração: Abril a maio
Utilidades: Ornamental, muito usada como árvore de arruamento em toda a Europa
 
Cedro do Libano (Cedrus libani)
Origem: Líbano, Síria e Turquia
Altura: Até 40 metros
Folha: Persistente
Floração: Agosto a outubro
Utilidades: Ornamental, produção de madeira e resina
 
Palmeira-de-leque (Washingtonia robusta)
Origem: México
Altura: Até 25 metros
Folha: Persistente
Floração: Julho e agosto
Utilidades: Ornamental, tolera bem o transplante
 
Palmeira-das-Canárias (Phoenix canariensis)
Origem: Ilhas Canárias
Altura: Até 20 metros
Folha: Persistente
Floração: Maio a junho
Utilidades: Ornamental, resistente à poluição urbana

Pesquisar na agenda

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais