CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Cascais recebe projeto-piloto da Área Metropolitana de Lisboa

Os painéis digitais interativos já estão em funcionamento

Sabe o que é um tsunami? Onde se situam os percursos de evacuação no seu concelho? Sabe como proteger-se de uma onda de calor? O que fazer em caso de incêndio florestal? Pode agora encontrar estas e outras informações, no âmbito da proteção civil, nos novos painéis digitais interativos exteriores, na Baía de Cascais ( ao lado dos Paços do Concelho) e em Carcavelos (junto ao restaurante "A Pastorinha").

 Cascais é assim, conjuntamente com Lisboa, o primeiro município a receber este projeto-piloto da Área Metropolitana de Lisboa (AML) e da Autoridade de gestão do Programa Operacional para a Sustentabilidade e eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR), em colaboração com a Câmara Municipal de Cascais.

O principal objetivo deste projeto-piloto é “minimizar o impacto dos riscos de tsunami e os riscos associados às características do concelho, como inundações, ondas de calor, incêndios florestais, etc., mas também fornecer informações básicas como os números de telefone das forças de segurança e de socorro, em prol de uma população mais segura em Cascais “ , explicou a coordenadora municipal de Proteção Civil, Mónica Araújo.

São painéis com funções informativas e didáticas e de fácil uso para a população através do sistema “touch” (toque no écran). Por isso, em tempo de prevenção da Covid-19, nunca é demais relembrar o uso obrigatório de desinfetante alcoólico antes e depois do uso dos painéis.

À pergunta porquê a escolha de Cascais para este projeto-piloto, Carlos Humberto Carvalho, em representação da AML, respondeu que “ A localização entre o Tejo e o oceano e a importante procura turística foram fatores importantes na escolha para esta primeira experiência” que se pretende no futuro seja alargada a outros concelhos da AML com frente oceânica ou ribeirinha. Mas, também, o facto de “a Câmara Municipal de Cascais se ter disponibilizado desde a primeira hora para cooperar com a AML”.        

Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais, lembrou que a Proteção Civil Municipal “tem sido uma prioridade e uma atenção especial”, como forma de “respondermos aos desafios que se vão colocando na proteção e apoio à população” em situações de risco.

O autarca recordou que Cascais foi o primeiro município a instalar avisos sonoros de tsunami. Ainda nesta matéria, Carlos Carreiras noticiou que o concelho está prestes a inaugurar o Centro de Emergência da Cruz Vermelha Nacional e o Centro de Combate a Catástrofes do INEM.     

Cascais Digital

360_146x65mobi_146x65loja_146x65geo_146x65ambiente_146x65-01cultura_146x65jovem_146x65participa_146x65fix_146x65my_146x65