CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

A OCCO celebra Beethoven com recital em Cascais

O grande mestre dos quartetos

A Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras comemora os 250 anos do nascimento de um dos compositores mais influentes na história da música, com um recital este sábado, 19 de setembro, às 18h00, no Centro Cultural de Cascais.

Considerado um artista de vanguarda, que através da originalidade, a inovação gostava de incomodar e até provocar as audiências, conseguiu mobilizar o entusiasmo popular do seu tempo e do nosso. Mesmo os que não se interessam por música clássica conhecem “Para Elisa”, o "Hino à Alegria", a "Sonata ao Luar", ou a "Quinta Sinfonia".

A OCCO com este recital propõe-se deleitar o público com um dos mais famosos quartetos de L.V Beethoven e com o Quarteto N.º 1 em Mi bemol Maior de Luigi Cherubini, compositor italiano que viveu grande parte da sua vida em França, considerado pelo próprio Beethoven como “o melhor compositor da altura”.

No alto Classicismo, o entendimento do quarteto para cordas foi, muitas vezes, o de verdadeiro “exercício espiritual”, no âmago do qual os compositores plasmaram o melhor das suas ideias criativas, sobretudo a partir do momento em que se autonomizou na praxis instrumental profissional, à semelhança do que aconteceu com a sinfonia e o concerto.

Do contexto doméstico de entretenimento para amadores, o quarteto para cordas passou, gradualmente, para o patamar da “música pública”, a partir da década de 1780, tendo adquirido, nas mãos de compositores como Joseph Haydn (1732-1809), Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) e, claro, Ludwig van Beethoven, a sua consagração definitiva.

Sobre a OCCO | A Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras (OCCO), fundada em 2000, é uma formação apoiada pelas Câmaras Municipais de Cascais e de Oeiras e pela Direção Geral das Artes, e é considerada uma das melhores formações deste género em Portugal. Em 2008, a OCCO criou o primeiro Conservatório de Música de Cascais, e em 2012, a Câmara Municipal de Cascais, atribuiu-lhe Medalha de Mérito Cultural. Em 2019, foi-lhe concedido o Alto Patrocínio da Presidência da República Portuguesa. A OCCO foi criada e é dirigida pelo Maestro Nikolay Lalov.

Bilhética: 6,00 € Crianças dos 3 aos 6 Anos 3,00 € Estudantes/+ 65 Anos 

À venda em Centro Cultural de Cascais, Museu da Música Portuguesa, Casa das Histórias Paula Rego e em http://www.bilheteiraonline.pt 

Concertos com lotação limitada. Não há reservas.
 
Informações: bilheteira@fdl.pt | Tel. 21 481 56 60
 

 

 

Cascais Digital

360_146x65mobi_146x65loja_146x65geo_146x65ambiente_146x65-01cultura_146x65jovem_146x65participa_146x65fix_146x65my_146x65