CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Conferências do Estoril de regresso entre os dias 30 de abril e 3 de maio

As Conferências do Estoril regressam ao Centro de Congressos do Estoril entre os dias 30 de abril e 3 de maio. As presenças de Mikail Gorbachev e Frederik De Klerk estão asseguradas, tal como as de outros grandes líderes e pensadores mundiais.

(ver vídeo de apresentação)


Site oficial www.estorilconferences.org


O antigo Presidente Soviético, Mikhail Gorbachev, vai estar presente nas Conferências do Estoril como orador para debater o tema “Uma nova ordem mundial”, dando a sua visão de como será a evolução do mundo nos próximos anos.


Depois de Tony Blair, antigo primeiro-ministro britânico; Joseph Stiglitz, prémio Nobel da Economia; Mohamed El Baradei, ex-diretor da Agência Internacional de Energia Atómica e Prémio Nobel da Paz; Dominique de Villepin, antigo primeiro-ministro e chefe da diplomacia francesa, entre outros, as Conferências do Estoril regressam de 30 de abril a 3 de maio com mais líderes mundiais e grandes pensadores da cena internacional, detentores das mais variadas perspetivas ideológicas e quadrantes geográficos e que irão debater as temáticas mais prementes da atualidade.


Organizadas de dois em dois anos, as Conferências “visam contribuir substancialmente para o diálogo internacional, de forma a encontrar respostas locais para os nossos desafios globais.”, referiu na apresentação Miguel Pinto Luz, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais que acrescentou: queremos ser uma luz, uma esperança, sobretudo no momento difícil que atravessamos”.


Serão quatro dias de conferências nos quais são esperados mais de 1500 participantes com reiterado destaque para a juventude. O palco principal será uma vez mais o Centro de Congressos do Estoril sendo, como até aqui, possível assistir às conferências via internet, pelo que o público poderá acompanhar os oradores em qualquer parte do mundo.


Este ano, além do Estoril Global Issues Distinguished Book Prize, no valor de 70 mil euros, o maior prémio Mundial atribuído na área de estudos internacionais - e que na edição anterior teve mais de 40 livros candidatos, de 13 das maiores editoras mundiais - as Conferências do Estoril vão lançar o Estoril Local Answers Award. No valor de 10 mil euros, este prémio pretende valorizar de iniciativas de âmbito local, premiando projetos locais em curso e com resultados comprovados que deem resposta aos desafios globais, reforçando a mensagem de ação e iniciativa. Ambos os prémios terão um júri internacional de elevada craveira.


Defendendo que, “em Cascais faz sempre sentido organizar uma iniciativa como esta, desde que seja dentro de uma linha estratégica”, Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais salientou na apresentação das Conferências do Estoril que “nós precisamos de entender o outro e nestas conferências já chegamos à conclusão de que não nos conhecemos e que faltam contactos. A capacidade de tolerância destes espaços de diálogo e de liberdade constitui um contributo em benefício de Portugal”.


Além de Mikhail Gorbachev, antigo Presidente da ex-URSS, vão estar presentes o prémio Nobel da Paz Frederik De Klerk, antigo Presidente sul-africano, Mohamed Salih, co-laureado com o Prémio Nobel da Paz pela sua contribuição para o Relatório do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas, além de Chistopher Pissarides, cipriota, Prémio Nobel da Economia.


Viktor Órban, primeiro-ministro húngaro e líder do partido Fidesz; Hanan Ashrawi, legisladora palestiniana, antiga porta-voz da Organização de Libertação da Palestina (OLP) no processo de Paz para o Médio Oriente; Ana Palacio, ex-ministra dos Negócios Estrangeiros de Espanha, e Esperanza Aguirre, presidente do Partido Popular em Madrid também já confirmaram a presença.


Da lista dos mais de 80 intervenientes confirmados, destacam-se ainda o britânico Lord Anthony Giddens, investigador do Kings College e professor da London School of Economics; Hans Rosling, presidente da Fundação Gapminder; François-Xavier de Donnea, antigo ministro da Defesa da Bélgica; Ruud Lubbers, antigo chefe do executivo da Holanda (1982-1994) e Alto- Comissário das Nações Unidas para os Refugiados (2001 e 2005). Está ainda prevista a presença de António Horta-Osório, presidente do Lloyds Bank; Estela Barbot que foi membro do Conselho Consultivo Europeu do Fundo Monetário Internacional e a jornalista portuguesa e documentalista do National Geographic, Mariana Van Zeller.


A lista de convidados e intervenientes contará no total com cinco Prémios Nobel, sendo que se prevê ainda anunciar mais mais personalidades de renome nacional e internacional, nomeadamente “uma figura da política europeia de grande destaque” para o debate “sobre questões relacionadas com emprego, democracia, ambiente, governança, e questões sociais, entre outras”.


No programa está também prevista uma cimeira da juventude e um encontro de reitores universitários de todo o mundo para debater sobre o “Futuro da Educação”, assim como a participação de diplomatas para a análise acerca de “Portugal no Mundo”.


O painel de parceiros académicos deste ano está reforçado. Além da Universidade Católica, estão também a Georgetown University, a Fundação Getúlio Vargas, a Universidade Hebraica de Jerusalém, a Rotherdam School of Management e a Aarhus University.


Mais presenças confirmadas
Cimeira da Juventude
Catarina Furtado é convidada especial na Gala das Conferências do Estoril



















Páginas

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais