CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Campanha de deteção precoce do cancro colorretal

De 15 março a 14 abril, a Câmara Municipal de Cascais, em parceria com a Fundação Ageas, a Farmácias Portuguesas e a Médis, está a desenvolver uma Campanha de deteção precoce do cancro colorretal junto da população do concelho.

A quem se destina?

  • População entre os 50 e os 74 anos
  • Residentes em Cascais e portadores do cartão Viver Cascais (físico ou digital)
  • Ausência de história pessoal de Neoplasia intestinal e/ou pólipos colorretais
  • Ausência de história pessoal de Doença inflamatória intestinal (colite ulcerosa/doença de Crohn)
  • Ausência de história familiar em 1º ou 2º grau com diagnóstico de CCR abaixo dos 60 anos

De acordo com a Agência Internacional de Pesquisa de Cancro, da Organização Mundial de Saúde (International Agency of Research on Cancer – World Health Organization) o cancro colorretal em Portugal foi responsável por 10.501 novos casos e 2.972 mortes em 2020, sendo que 90% dos casos são detetados a partir dos 50 anos e 85% dos casos surgem sem qualquer relação de história familiar.

Mantenha-se à margem destes números. A deteção precoce dá mais vida. 

Os rastreios são realizados nas farmácias aderentes. Saiba mais sobre esta campanha e consulte aqui a rede de farmácias aderentes. 

Faça a sua inscrição através da linha Cascais 800 203 186 (chamada gratuita, de 2.ª a 6.ª, das 9h00 às 18h00)

O processoObter Cartão Viver CascaisUma história inspiradora
O processo

O processo é simples e rápido e conta com o apoio das farmácias aderentes à campanha e à rede de laboratórios Germano de Sousa, que realizará o rastreio de pesquisa de sangue oculto nas fezes.

1) Para iniciar, o munícipe deve ser portador do cartão Viver Cascais (físico ou digital) e ligar para a linha 800 203 186 manifestando o seu interesse.

2) Depois de confirmada a inscrição deve dirigir-se a uma das farmácias aderentes (consultar rede aqui) entre 15 de março e 2 de abril, onde será entregue o respetivo kit (dois frascos e um saco térmico) e informados os procedimentos a adotar para a colheita das amostras.

3) O resultado é entregue pela farmácia, através da qual terá, seja qual for o resultado, aconselhamento sobre os próximos passos: quando realizar nova análise ou recomendação de marcação de consulta com o médico. 

Obter Cartão Viver Cascais

Para fazer o rastreio em curso é necessário ser residente e ter o Cartão Viver Cascais. Não tem o seu? 

O Cartão VIVER CASCAIS dá acesso privilegiado a serviços em Cascais, a todos os que vivem o nosso território, quer residam, estudem ou trabalhem. 

Vai precisar de um comprovativo de morada ou de relação com o concelho (estudantes e trabalhadores).

O cartão digital não tem custos associados. O cartão físico tem um valor de 7€

Siga o link https://mobi.cascais.pt/viver-cascais e registe-se.

Uma história inspiradora

Com argumento de Luc Colemont e Mario Boon, desenho de Mario Boon e cor de Mariacristina Federico, "João - A vida , um combate que vale a pena" é uma história em Banda Desenhada que pode ajudar na decisão de fazer o rastreio. Como refere Luc Colemont, "se conseguirmos travar um caso de cancro do cólon com este álbum, a nossa missão foi bem conseguida! Desejo uma pronta recuperação a todos confrontados com esta doença!"

Leia aqui e inspire-se.

Cascais Digital

linha_146x65_1360_146x65mobi_146x65_0loja_146x65geo_146x65ambiente_146x65-01_2cultura_146x65_0jovem_146x65_0participa_146x65_0fix_146x65