CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Operação Natal em família

Vive num lar no concelho? Saiba como passar o Natal seguro em família.

Nem todos os nossos idosos têm de passar o Natal isolados.

Sabemos a gravidade que um surto de contágio de coranvírus pode assumir especialmente numa Estrutura Residencial para Pessoas Idosas (ERPI), os lares que acolhem centenas de munícipes em resposta às necessidades destes e das famíias. Mas a solidão é um risco ainda maior e pode provocar danos cuja cura é mais complicada e para os quais não existe vacina. Queremos que este Natal seja de saúde, paz e harmonia vividas em família. Por isso criámos a "Operação Natal em Família". Com esta medida criamos espaço para isolamento profilático e possibilitamos a realização de testes, antes do regresso à ERPI por parte de cada pessoa idosa.

Asseguramos, assim, um regresso seguro dos nossos idosos às respetivas ERPI após passarem o Natal com os seus familiares. Ajudamos ainda a dinamizar a economia local, em especial as unidades hoteleiras, tão prejudicadas pela pandemia. Somos todos por todos. 

Submeta o formulário de inscrição até dia 18 de dezembro. Consulte abaixo a documentação necessária.

Mais esclarecimentos através da Linha Cascais: 800 203 186

 

 

PERGUNTAS FREQUENTESDocumentaçãoCritérios de acesso
PERGUNTAS FREQUENTES

Qual é o objetivo desta medida?
R:
Queremos possibilitar a reunião entre pais e filhos, avós e netos ou bisnetos, depois de um ano em que milhares de idosos foram condenados ao isolamento. Queremos promover o regresso temporário a casa dos residentes em Lares existentes em todo o país e seus familiares munícipes e residentes do concelho de Cascais. Esta medida será operacionalizada com todas as medidas de segurança, proporcionando testes e um espaço para cumprir isolamento profilático da pessoa idosa, obrigatoriamente acompanhada de familiar, antes do regresso ao lar. Assim, as famílias podem reunir-se e os lares ganham condições para voltar a receber os seus utentes sem receio de eventuais contágios pelo COVID19. Ao mesmo tempo apoia-se a economia local, pois o alojamento irá ter lugar em unidade hoteleira do concelho.

Até quando posso candidatar-me? 
R: 
Até dia 18 de dezembro pode candidatar-se através do preenchimento de formulário (verifique o separador "Documentação", por favor). Em caso de dúvidas deve contactar a Linha Cascais: 800 203 186.

Resido num lar do concelho, mas a minha família reside e vai passar o natal fora do concelho. Posso candidatar-me?
R: Não. Esta medida visa proporcionar a reunião familiar em Cascais.

Resido num lar fora do concelho, mas a minha família reside e vai passar o Natal em Cascais. Posso candidatar-me?
R: Sim. A pessoa idosa pode residir fora do concelho, mas a família à qual se reúne tem de residir no concelho de Cascais para poder beneficiar deste programa municipal.

A partir de que idade posso candidatar-me?
R: Não temos idade definida. A condição é que resida num lar e venha passar o Natal com a família que resida no concelho.

Sendo uma pessoa acamada posso candidatar-me?
R:
Esta medida, pelas suas características, apenas permite candidatura de pessoas idosas com um grau de autonomia que lhes permita realizar atos correntes de vida diária sem assistência e/ou ajuda importante. Se for esse o caso pode candidatar-se. Se está em situação de dependência, lamentamos, mas não poderá candidatar-se.

Esta candidatura depende dos meus rendimentos?
R:
Não. Todos têm igual acesso a esta operação montada pela Câmara de Cascais.

Quais os documentos necessários?
R:
São vários. Verifique o separador "Documentação" por favor.

Quanto tempo dura e quais são os períodos de isolamento profilático previstos?
R:
O isolamento profilático terá uma duração mínima de dez dias seguidos.
As primeiras entradas nos hotéis disponibilizados pela Câmara de Cascais começam a 28 de dezembro de 2020.
A última entrada dar-se-á a 4 de janeiro de 2021.
Independentemente do dia de check-in, segue-se o período mínimo de dez dias de isolamento profilático do idoso, obrigatoriamente acompanhado de familiar durante todo o período.

Tenho de fazer o teste à Covid-19 antes de ir para o alojamento para cumprir o isolamento profilático?
R:
Sim. É obrigatória a realização de teste à COVID-19 prévio à entrada e outro à saída da estrutura hoteleira.

O meu teste acusou a presença do coronavírus. Posso na mesma cumprir o isolamento profilático no hotel?
R:
Não. O acesso à estrutura hoteleira está condicionado a um resultado negativo do teste à COVID-19.

Como vou deslocar-me para o alojamento após o Natal?
R:
A família assegura o transporte da pessoa idosa para a sua habitação e posteriormente para a estrutura hoteleira indicada.

Como me desloco do alojamento para o Lar?
R:
O município assegura o transporte de regresso da pessoa idosa à Estrutura Residencial para Pessoas Idosas (ERPI), vulgo Lar, assim assegurando um ambiente livre de Covid.

Vou estar só durante o isolamento profilático?
R:
Não. A medida prevê a cobertura de despesas para um(a) acompanhante maior de 18 anos, que irá assegurar o cumprimento do isolamento profilático e o apoio à pessoa idosa na estrutura hoteleira.

Tenho despesas extra (testes à Covid-19, refeições, transporte de regresso ao Lar)?
R:
Não. O apoio do município traduz-se no financiamento a Testes à COVID-19 e alojamento com pensão completa em estruturas hoteleiras do concelho para cumprimento do período de quarentena. O município assegura ainda o transporte de regresso ao lar.

Esta medida abrange os lares ilegais?
R:
Sim, desde o início da pandemia que todas as medidas de apoio aos Lares incluem os Lares ilegais. Num momento de pandemia todas as pessoas, neste caso idosos, têm de ter um tratamento equitativo.

Esta iniciativa poderá repetir-se mais vezes para além do Natal?
R: Não, esta medida foi criada para que nesta época os idosos possam passar o Natal junto das suas famílias. Outras medidas deverão ser estudadas em cada momento específico.

Documentação

Para se candidatar à "Operação Natal em Família" necessita das seguintes declarações de compromisso de honra com todo o processo:

  • Declaração do ERPI - Ver Minuta
  • Declaração da pessoa idosa - Ver Minuta
  • Declaração do familiar que acolhe o idoso - Ver Minuta
  • Comprovativo de morada do familiar que acolhe a pessoa idosa
  • Declaração do acompanhante no período de quarentena
Critérios de acesso

Esta iniciativa destina-se aos munícipes com familiares idosos a residir em ERPI`S que apresentem um grau de autonomia, que lhes permita realizar atos correntes de vida diária sem assistência e/ou ajuda importante.

Critérios de acesso:

  • Apresentação de todos documentos no ato da candidatura
  • Pessoas comprovadamente residentes no concelho de Cascais com familiares integrados em ERPI.
  • Famílias que garantam um acompanhante (+ 18 anos) que cumpra o isolamento profilático durante 10 dias na estrutura hoteleira providenciada pelo município;
  • Famílias que assegurem o transporte da pessoa idosa até à estrutura hoteleira onde o alojamento é financiado pelo município, no início do período do isolamento profilático.
  • Autorização da pessoa idosa e seu acompanhante para a realização de teste COVID – 19 prévio à entrada da estrutura hoteleira e no final do período de quarentena.

Nota: O acesso à estrutura hoteleira está condicionado a um resultado negativo do teste à COVID-19.

Cascais Digital

my_146x65loja_146x65_0geo_146x65_0fix_146x65360_146x65_0my_146x65loja_146x65_0geo_146x65_0fix_146x65360_146x65_0