CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Associações de Moradores unem-se em ação solidária

Mais de uma tonelada e meia de alimentos recolhidos pelas três associações envolvidas

A Associação de Moradores do Parque de S. Domingos lançou o desafio: Recolher alimentos para encher as caixas solidárias. O desafio foi de imediato aceite pela Associação de Moradores do Bairro das Faceiras e pela Associação Realiza. O resultado: Mais de uma tonelada e meia de alimentos e mais de cem quilos de ração para animais recolhidas. Bens alimentares que foram agora entregues ao município para serem distribuídos pelas caixas solidárias do concelho.

"A ideia era ajudar as famílias mais carenciadas que sofreram o impacto económico da pandemia de Covid-19, a terem comida na mesa e a alimentar os seus animais de estimação", explicou Zeca Duarte, da AMU - Associação de Moradores da Urbanização que andou pelo bairro com uma carrinha e que, em conjunto com as outras duas associações que aceitaram o desafio, recolheram, de porta em porta, os cabazes de bens alimentares doados pelos moradores.  

 “Houve um trabalho de preparação antes, de sensibilização com a colocação de flyers e posters que alertaram as pessoas para esta ideia. Chegou ao dia certo e as pessoas já tinham o seu cabaz solidário preparado foi só descerem e colocarem na carrinha”, referiu Zeca Duarte que não consegue esconder a satisfação pelo resultado obtido.

De facto a iniciativa foi um sucesso. Entre enlatados, arroz, massa, leite, azeite, papas para bebés, cereais para crianças e outros bens alimentares essenciais, e até ração para animais, foram mais de uma tonelada e meia. Alimentos que foram agora entregues ao município para serem distribuídos pelas caixas solidárias.

“ Os cidadãos de Cascais são de facto extraordinários”, reconheceu Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais que em nome do Município recebeu os bens doados pelas associações.

“São mais de 5000 quilos de alimentos e mais de 7500 produtos que foram doados pelos cidadãos de Cascais e é um movimento que vai envolvendo toda a gente e que vai sempre em crescendo”, sublinhou Carlos Carreiras e deixa um apelo para que todos continuem a ajudar, “todos por todos” para que muitas famílias do concelho “não lhes falte comida na mesa”.     

 

Cascais Digital

360_146x65mobi_146x65loja_146x65geo_146x65ambiente_146x65-01cultura_146x65jovem_146x65participa_146x65fix_146x65my_146x65