CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Carlos Carreiras agradece dedicação de trabalhadores do Centro Social do Pisão

Residem no Centro 340 utentes num quadro psicossocial que requer cuidados básicos.

“O Pisão tem grande dignidade humana e é merecedor do reconhecimento de todos nós cascalenses pelo trabalho que está a ser realizado”, frisa Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais, em visita, esta segunda-feira, ao Centro de Apoio Social do Pisão.

Neste último ano de pandemia, muitos têm sido os desafios diários dos 200 trabalhadores, e da Santa Casa da Misericórdia de Cascais que gere o Centro, para que se garanta o funcionamento eficaz deste espaço.  

Acompanhado pelo vereador com o pelouro da Ação Social, Frederico Almeida, Carlos Carreiras afirma: “Este Centro tem vindo a ser progressivamente humanizado com recuperação e requalificação das instalações e com um trabalho que pretende estabelecer ligações com aquilo a que podemos chamar de ‘uma vida normal’”, acrescentando que alguns destes utentes passaram a residir em quartos de duas pessoas ao invés das antigas camaratas, o que os aproxima da realidade da vida fora do Centro.

Recorde-se que, o Centro de Apoio Social do Pisão acolhe em regime de internamento 340 adultos de ambos os géneros (275 homens e 65 mulheres) com patologia psiquiátrica, cujo quadro psicossocial requer cuidados básicos de subsistência e de saúde integral que engloba aspetos físicos, psíquicos, sociais, ocupacionais e de reabilitação.

(SJ/CMC)

Cascais Digital

linha_146x65_1360_146x65mobi_146x65_0loja_146x65geo_146x65ambiente_146x65-01_2cultura_146x65_0jovem_146x65_0participa_146x65_0fix_146x65