CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Cascais adquire embarcação para reforçar arqueologia subaquática

Cascais foi a primeira autarquia, em Portugal Continental, a desenvolver um programa de gestão e de valorização do Património Cultural Subaquático do litoral.

A Câmara Municipal de Cascais adquiriu uma embarcação para dar maior apoio ao projeto de valorização do Património Cultural Subaquático do litoral do concelho.

Através do Projeto da Carta Arqueológica Subaquática, Cascais foi a primeira autarquia, em Portugal Continental, a desenvolver um programa de gestão e de valorização do Património Cultural Subaquático do litoral, com vista ao conhecimento e à fruição deste património.

Face à evolução das necessidades logísticas, dos meios técnicos e à crescente aposta na multidisciplinaridade, que constituem novos desafios da moderna arqueologia subaquática, a Câmara de Cascais decidiu adquiriu uma embarcação para reforçar o seu apoio a este projeto.

Trata-se de uma embarcação semirrígida, tipo Zodiac Pro 6.5, com um motor Yamaha de 150 CV, com o nome Calíope II, que irá permitir à equipa de arqueologia subaquática cobrir todo o litoral do concelho.

A autarquia, a convite do Diretor-Geral do Património Cultural, vai, uma vez mais, participar nas Jornadas Europeias do Património, dedicadas ao tema Património e Educação. Pretende-se com este tema sensibilizar para o papel do património na educação e para a riqueza e complexidade desta relação – na literatura, nas artes, nos monumentos, na dança, no teatro, na paisagem, nos jogos, nos museus, na fotografia, nos sítios arqueológicos ou na música, entre muitos outros. S.R.S.

 

 

 

 

Cascais Digital

360_146x65mobi_146x65loja_146x65geo_146x65ambiente_146x65-01cultura_146x65jovem_146x65participa_146x65fix_146x65my_146x65