CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Cidades Educadoras de todo o mundo reúnem-se em Cascais

De 13 a 16 de novembro, Cascais vai ser o centro do debate das questões da educação e espaço público. Reunindo mais de 600 representantes de 118 cidades de diversos países, o XV Congresso Internacional das Cidades Educadores lança o debate sobre “a Cidade, como pertença das pessoas e os caminhos para a coesão social na cidade”.

Com sede no Centro de Congressos do Estoril e partindo do conceito de cidade enquanto espaço público vivido pelas pessoas, independentemente das categorias político-administrativas, o congresso traz a debate três eixos orientadores: “Desenhar a cidade a partir das pessoas, das suas necessidades e aspirações” “A convivência para o sentimento de pertença” e “A cidade para as pessoas e seus projetos de vida”. Mais sobre o Congresso.

Para a reflexão foram inicialmente convidadas as crianças que produziram um manifesto, ponto de partida do debate onde identificaram, por exemplo, que “uma cidade educadora é uma cidade capaz de ensinar os seus moradores”, ou “uma cidade onde as pessoas aprendem e são capazes de ensinar umas às outras”. Para tornar esta realidade possível, as crianças reconheceram desde logo que são precisas “escolas, espaços desportivos, museus, passeios, passadeiras, espaços verdes…”. Uma diversidade acolhida pelo município que convida agora à reflexão representantes de 118 município, 67 das quais estrangeiros.

“Estamos empenhados em fazer deste congresso um dos melhores de sempre", afirma Frederico Pinho de Almeida, vereador da Educação na Câmara Municipal de Cascais.

Depois de Rosário, na Argentina, o autarca pretende que "em Cascais se promova um debate intenso e multicultural". Uma pretensão que tem por base a "forte tradição no acolhimento de populações estrangeiras vindas de todo o mundo. O município acolhe mais de 120 nacionalidades que residem no nosso concelho, captando e fixando todos os dias novos residentes, quer pelas condições naturais de excelência, quer pela qualidade de vida e capacidade em promover uma boa integração a quem nos procura", acrescenta Frederico Pinho de Almeida.

Assim, o vereador da Educação reforça: "É nosso compromisso sermos um território que tenha boas políticas de Ambiente, Educação, Social e Cidadania, onde as pessoas são o centro das nossos programas e projetos, de modo a termos uma sociedade mais próspera e mais sustentável“. 

Sobre a Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE) | Movimento criado em novembro de 1990 com o propósito de estreitar relações entre os governos locais para a promoção do valor educativo no espaço urbano, fomentando políticas e intervenções públicas transformadoras das cidades em espaços propícios para o desenvolvimento humano e cidadão, em conformidade com os “Princípios da carta das Cidades Educadoras”. Atualmente a AICE conta com 476 cidades associadas, em 37 países. Em Portugal pertencem à AICE 70 cidades, que se constituíram em 2005 na Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras. Cascais é membro desde 1997.

Sugerimos também

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais