CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Concurso BIG IMPACT | Tem uma ideia que pode causar um grande impacto?

Big objectivo: melhorar a vida de milhões

Cascais acolheu esta manhã o lançamento da 7.ª edição do concurso BIG. Depois do BIG apps e do BIG smart cities, em 2019 chega o BIG IMPACT, o concurso que convida startups, universitários, empresas, entre outros, a desenvolver ideias tecnológicas que tenham impacto no mundo e o melhorem.

Promovido pela Câmara Municipal de Cascais e a Vodafone em parceria com a Revista Visão/Trust in News, o BIG Impact é uma competição de inovação aberta, que tem como foco o desenvolvimento das novas redes móveis e o seu potencial para causar impacto na nossa sociedade. A grande missão que o concurso propõe é a de melhorar um milhão de vidas encontrando soluções para desafios cruciais em três áreas. Após as candidaturas, vão ser escolhidos as 15 melhores soluções para participarem num hackathon. Os três melhores projetos vão receber um prémio monetário e a oportunidade de desenvolverem seus pilotos com a BIG Partners.

Na manhã de terça-feira, 15 de outubro, cerca de 10 convidados de cada entidade promotora participaram na sessão de lançamento do concurso de 2019 que decorreu no Forte dos Oitavos. Aqui, participaram em vários grupos de trabalho, debatendo para ajudar a definir os desafios de cada categoria que foi lançada por cada um dos promotores. A Câmara Municipal de Cascais procura encontrar soluções na área do Ambiente/Economia Circular e deixa a questão: Como podemos reutilizar o que produzimos? Já a Vodafone pretende encontrar respostas na área do Impacto Social desafiando os participantes a encontrar soluções sobre como pode a tecnologia habilitar os desabilitados, enquanto a Revista Visão/Trust in News procura respostas na área da Segmentação da Informação, questionando a forma como se pode melhorar o acesso à informação que interessa a cada pessoa.

Entre os presentes no lançamento era possível encontrar colaboradores destas instituições, membros de associações ligadas a estas empresas e até mesmo ativistas ou representantes de pequenas e médias empresas nacionais que já implementaram ideias e iniciativas que causaram um grande impacto quer local, nacional ou internacional. Na sua maior parte, jovens inspiradores que deram alguns exemplos práticos de como utilizaram a tecnologia para ajudar e melhorar o mundo. 

“O impacto é fundamental para qualquer Câmara Municipal, governo local, nacional ou supranacional,” afirmou o diretor do Futuro da Câmara Municipal de Cascais, Marco Espinheira, à margem do lançamento deste concurso. O diretor recordou que o governo é “o maior negócio do mundo e tem um impacto em 7 biliões de pessoas” pelo que defende a importância de se acompanhar o “mundo de mudança como é o nosso”, salientando “a capacidade que a tecnologia tem para ajudar naquele que é o nosso negócio principal, que é melhorar a qualidade de vida dos nossos cidadãos”. 

Sobre a adesão da autarquia ao BIG IMPACT, Marco Espinheira revelou que, para si, “Cascais posiciona-se como um laboratório de políticas públicas para Portugal e para o mundo, e iniciativas como esta são oportunidades únicas para nós levarmos a cabo essa missão”. 

Já a diretora da Revista Visão, Mafalda Anjos, explicou que “participar num projeto deste tipo é uma oportunidade de estar com mentes criativas e as pôr a pensar e a encontrar soluções para problemas que são do grupo Visão, mas também de grandes grupos de comunicação social no mundo inteiro.” 

Pela Vodafone, é o responsável pelos Serviços e Inovação em Portugal, Luís Cardoso, a marcar presença neste lançamento e adiantou que a sua entidade é um dos promotores deste concurso porque “a inovação está no nosso ADN desde sempre e procuramo-la no que fazemos e no que acontece no mercado. Estamos associados ao BIG desde o princípio porque queremos encontrar no mercado aqueles que são os empreendedores e as start-ups que estão a trazer as inovações e as novas tecnologias com relevância para o nosso tecido empresarial e para o futuro das cidades e do mundo”. 

As candidaturas abrem neste dia 15 de outubro e pode concorrer ao BIG IMPACT ao longo das próximas três semanas. A 10 e 11 de dezembro os participantes vão ter a oportunidade de trabalhar nos desafios propostos durante 48 horas, no Hackathon, e no final deste encontro vai ser eleito um vencedor por cada categoria. Já em outubro de 2020 os projetos pilotos vencedores vão ser demonstrados, no mesmo dia em que será lançada a próxima edição do BIG.

Mais informações e inscrições no BIG IMPACT aqui

 

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais