CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Inauguração da Estação de CB (citizen band) do Grupo 12 dos Escoteiros de Sassoeiros

Todos somos proteção civil. “Dar mais valências de prevenção e comunicação em caso de catástrofe é para nós muito importante” referiu Carlos Carreiras, na inauguração da Estação do 12.

Nesse âmbito a União de Freguesias de Carcavelos Parede ofereceu uma estação de CB Citizen Band (rádio banda do cidadão) para uso dos escoteiros do Grupo 12 de Sassoeiros nas suas atividades. Com esta estação pretende-se dotar os escoteiros com um sistema que em caso de emergência permita o estabelecimento de comunicações.

“Quando forem adultos vão perceber que passaram por esta escola de vida,  uma escola de valores, princípios, de respeito, de cidadania, com base nos princípios de Baden-Powell,  que vos irão acompanhar por toda a vossa vida”, salientou Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais, dirigindo-se aos jovens do Grupo 12, presentes na inauguração desta estação.

O presidente da Câmara deixou ainda um apelo aos jovens: “sejam exigentes, solidários, tolerantes, ativos, participativos e reinvidicativos, em tudo o que fazem”.

Esta estação foi adquirida e instalada pela Associação de Radioamadores de Cascais que lançou o desafio ao Grupo 12 e à Junta de Freguesia, a qual  vem mantendo uma longa parceria com o 12 na promoção do radioamadorismo, radio escotismo e formação em eletrónica.

Nuno Alves, presidente da União de Freguesias Carcavelos/Parede salientou que este investimento da Junta em parceria com a Associação de Radioamadores de Cascais e com o Grupo 12 “visa promover a melhoria das telecomunicações e proporcionar uma experiência diferente a estes escoteiros”. Para o autarca este é “um início de uma rede futura de contactos em que os radioamadores servem como meio de comunicação alternativo, que poderá estar disponível para ser utilizado em meios de catástrofe, em que os sistemas tradicionais possam falhar”.

“Somos um grupo de 100 elementos e queremos acima de tudo que os nossos jovens se sintam úteis na sociedade. Capacitamos estes jovens atravês do princípio “do aprender, fazendo”  salientou Carlos Teixeira, chefe do Grupo 12.

O Grupo 12 investiu em cinco estações portáteis. Com esta iniciativa pretende-se incentivar o interesse pela electrónica e telecomunicações, para além de promover um meio de contacto inclusivo e auxiliar as atividades de escotismo via rádio.

Num acto simbólico Carlos Carreiras e Nuno Alves, falaram via rádio com a Estação de Rádio de Alcabideche e com 3 estações do 12, espalhadas pelo terreno, a Estação África, Europa e América. AQ

Banda do Cidadão (CB-Ctizen Band) versus Radioamadorismo

A Banda do Cidadão, ou Citizem Band, CB, (atualmente livre de taxas ou licenças desde 2017) tem 40 canais (frequências) disponíveis que podem ser utilizados para qualquer fim, incluindo o canal 9 para fins de emergência (proteção e socorro de vidas e bens).

O Radioamadorismo, por seu lado, embora seja um hobby, é essencialmente científico. É sujeito a um exame de eletrónica, legislação e regulamentação nacional e internacional, que lhe confere o direito a operar inúmeras bandas em modos analógicos ou digitais, com potências muito superiores às do CB, possibilitando, inclusive, a operação via satélite, ou a operação em frequências que possibilitam a comunicação global sem recurso a infraestruturas de retransmissão, o que tem muita aplicabilidade em matéria de proteção civil. Apoio na explicação: APROSOC – Associação de Proteção e Socorro

 

 

 

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais