CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

I Encontro Internacional das Geminações em Cascais, Debate internacional procura respostas para desafios comuns

Debater potencialidades sociais, económicas e culturais e criar sinergias para encontrar respostas comuns aos desafios que se colocam a diferentes territórios são os objetivos I Encontro Internacional das Geminações que vai decorrer em Cascais entre 27 e 29 de junho. Enquadrado no Plano Estratégico das Relações Internacionais, criado recentemente pela autarquia, este encontro traz a Cascais cidades de países tão diferentes como a China, Noruega, México e Estados Unidos.

Ao longo de três dias vão estar em Cascais 19 delegações de cidades e vilas de quatro continentes: África, Europa, Ásia e América cujos representantes, perante uma audiência de mais de 150 delegados, vão apresentar as mais-valias das suas regiões e partilhar experiências comuns.
Acreditando que é ao nível local que se tomam hoje algumas das decisões com maior impacto junto dos cidadãos, Cascais - concelho anfitrião e organizador do congresso - assume-se assim como promotor global do diálogo intercultural e inter-religioso à escala local.



Prémio Internacional das Geminações
O dia 28 de junho vai ser marcado pela presença de Jorge Sampaio, que será distinguido com o Prémio Internacional das Geminações, um galardão atribuído pela Câmara Municipal de Cascais como forma de reconhecer e homenagear o trabalho desenvolvido na área dos Direitos Humanos, aproximação de culturas e eliminação das barreiras culturais e religiosas entre os povos. Nos últimos anos Jorge Sampaio tem-se distinguido como Alto Representante das Nações Unidas para a Aliança das Civilizações, concretizando programas de entendimento e reconciliação entre culturas a nível global, com particular enfoque para a relação entre as sociedades muçulmanas e ocidentais.


Espetáculo Internacional das Geminações
No âmbito deste encontro, a Baía de Cascais é palco, no dia 29 de junho, a partir das 21h45, do Espetáculo Internacional das Geminações, onde irá atuar a cantora Luísa Sobral, o grupo Mon da Roda (Cabo Verde) e o Grupo de Folclore da Moldávia. Haverá também uma passagem de modelos de Kimono, do Japão. O espetáculo é aberto ao público.


PLANO ESTRATÉGICO DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS
O I Encontro Internacional das Geminações está enquadrado no Plano Estratégico das Relações Internacionais, criado recentemente pela autarquia e que define as linhas orientadoras da política estratégica a ser seguida pela autarquia, bem como as diretrizes para demais entidades que trabalham nestas áreas, em particular municípios geminados e associações/organizações não-governamentais que se relacionam com o município.
Entre os pontos principais do Plano destacam-se a eficiente recolha de informação e prospeção de mercados, a promoção da saúde, educação, ambiente, desporto e juventude.


O QUE SÃO CIDADES GEMINADAS?
São cidades/vilas de países diferentes que se unem no sentido de estabelecer trocas de sinergias a nível cultural, social, económico, educacional, através da criação de iniciativas e mecanismos de cooperação. Muitas vezes os parceiros partilham referências históricas ou características comuns.
Cascais é geminada com as cidades de Vitória e Guarajá (Brasil), Santana (S. Tomé e Príncipe), Biarritz (França), Atami (Japão), Wuxi (República Popular da China), Ilha do Sal (Cabo Verde), Gaza (Palestina), Xai-Xai (Moçambique) e Bolama (Guiné- Bissau). Para além destas, também vão participar no I Encontro Nacional das Geminações cidades da Noruega, Bélgica, Marrocos, Moldávia, Japão, entre outras.



 


 

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais