CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

AMQC comemora 25 anos com novo pavilhão e boas notícias

A Associação de Moradores da Quinta da Carreira (AMQC) comemorou os seus 25 anos de existência com a inauguração de um pavilhão. Na cerimónia, o presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras anunciou dois novos projetos.

A Associação de Moradores da Quinta da Carreira (AMQC) comemorou os seus 25 anos de existência com a inauguração de um pavilhão que vai permitir recuperar a Dança de Salão, uma atividade que tinha sido interrompida por falta de instalações para a sua prática. Na cerimónia, o presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras anunciou dois novos projetos que vão também beneficiar a zona de S. João do Estoril.

Uma das novidades diz respeito ao terreno que a Câmara Municipal adquiriu na Quinta da Carreira e para o qual estava programada a construção de prédios: “este terreno passará a ser mais um espaço para usufruto da população”, revelou o autarca, explicando que se trata de “um projeto consensual entre a Associação de Moradores da Quinta da Carreira e o ATL da Galiza”, outra instituição da comunidade de S. João do Estoril e que depende da Santa Casa da Misericórdia de Cascais.

Carlos Carreiras aproveitou ainda a ocasião para anunciar a assinatura, prevista para os próximos dias, do protocolo de cedência por um ano à autarquia, do Forte de Santo António da Barra: “Não será ainda de forma definitiva , nem o que nós aspiramos, mas é já um primeiro passo. Um passo importante que vai permitir, pelo menos, recuperar todo o bosque, com aquela vista maravilhosa sobre o Atlântico, e da qual a população poderá usufruir. E depois, toda a requalificação que vai ser feita naquele edificado histórico e cultural”.

O ponto alto da festa de aniversário da Associação de Moradores da Quinta da Carreira foi a inauguração do novo pavilhão. Uma “prenda” municipal que, como explicou Carlos Guimarães, presidente da associação vai permitir que a AMQC possa “reabrir a Escola de Danças e continuar a servir a comunidade com mais atividades”.

Construído no terreno fronteiro à sede da Associação, o novo pavilhão, em madeira, vem substituir um antigo armazém, sem condições e permitir reabrir a Escola de Dança das Estrelinhas, a Escola de Danças de Salão, as aulas de Yoga e “outras atividades que forem nascendo”, acrescentaria Carlos Guimarães.

Importante para ajudar a dinamizar a comunidade e reforçar laços de vizinhança, o equipamento junta-se a outras infraestruturas ali construídas pela autarquia em parceria com a Associação de Moradores como “o parque verde, o novo parque de estacionamento e o parque infantil”, recordou o presidente da Associação.

 

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais