CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Campanha do Laço Azul: “Que Seja AMOR. Sempre!”

Desafio público para abril: faça um laço azul e partilhe.

Abril é o “Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância” e Cascais associa-se mais uma vez a esta iniciativa da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Cascais (CPCJC). 

Este ano, dada a contingência #Covid-19, a campanha que habitualmente se faz através de iniciativas públicas, nas escolas e junto da comunidade em geral, vai decorrer online e na casa de cada um.

O lema deste ano é “Serei o que me deres… que seja Amor”, e o desafio público é para que cada família mostre as suas habilidades e faça um Laço Azul com os materiais disponíveis, juntando uma mensagem. Ao partilhar o trabalho pronto nas redes sociais estará a contribuir para sensibilizar o público em geral para a questão dos maus tratos sobre crianças e jovens. Não esquecer o #LacoAzulCascais #QueSejaAmor. Pode também enviar por email para cpcjc@cm-cascai.pt e identificar os canais Cascais (Instagram cascais_oficial e Facebook/CMCascais). Vamos ajudar a espalhar esta mensagem. 

(veja alguns exemplos na galeria)

Isolamento versus violência

A violência contra as crianças é um dos mais graves problemas de saúde pública do nosso tempo, quer pela sua dimensão, quer pelas consequências, tanto a curto como a longo prazo. Em situação de confinamento social a Promoção dos Direitos da Criança deve ser alvo de especial atenção. A vizinhança de proximidade da criança, deve denunciar os casos de violência e maus tratos, contactando a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Cascais através dos números 21 481 52 82 (2ª a 6ªfeira das 9h00 às 17h00) ou 914 943 685 e ainda através dos email cpcjc@cm-cascais.pt ou cpcj.cascais@cnpdpcj.pt Poderá também contactar a esquadra mais próxima da PSP ou GNR, ou ainda utilizar a Linha SOS Criança – uma linha de apoio gratuito 116111 (de 2ª a 6ºfeira das 9h às 19h) ou pelo WhatsApp 913069404

Sobre o Laço Azul | Iniciada em 1989, a Campanha do Laço Azul (Blue Ribbon) surgiu em Virgínia (EUA), quando uma avó amarrou uma fita azul à antena do seu carro, para fazer com que as pessoas se questionassem sobre o motivo pelo qual o fazia. A história que esta avó contou aos membros da sua comunidade, chocou-os a todos: os netos tinham sido vítimas de maus tratos sistemáticos por parte dos pais. A avó, não quis que este problema dos maus tratos caísse no esquecimento. Azul foi a cor que escolheu para o laço que simboliza o movimento que criou, por ser a cor das nódoas negras que os maus tratos deixaram nos seus netos. Hoje, o Laço Azul é um movimento disseminado em todo o mundo para alertar, prevenir e pôr fim aos maus tratos e abusos infantis.

Não deixe de denunciar, ajude a PROTEGER!

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais