CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Margarida Salvador ganha Prémio Paula Rego

A aluna da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa foi a grande vencedora da primeira edição do Prémio Paula Rego. O prémio foi atribuído a 18 de setembro, dia do sétimo aniversário da Casa das Histórias Paula Rego. O desenho intitulado “Presente”, de Margarida Lestra Salvador, faz agora parte da coleção privada da artista.

Paula Rego não esteve presente, por motivos de saúde, mas não quis deixar de ser ela própria a anunciar o vencedor. E fê-lo para uma casa cheia através de um vídeo realizado pelo filho Nick Willing.  A artista considerou o desenho de Margarida Salvador é muito bonito. O desenho reflete o momento em que uma rapariga recebe como presente um soutien, quando ainda não é altura para o usar.

A distinção foi entregue por Nick Willing, pelo presidente da Câmara de Cascais , Carlos Carreiras, e pelo presidente da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, Vitor dos Reis.  Na cerimónia, Carlos Carreiras destacou o momento importante para todos os 61 alunos que concorreram a este prémio, realçando que em “Cascais temos uma ambição. Queremos ser o melhor lugar para pintar um quadro ou escrever um livro. Gostamos muito de receber comunidades criativas”.

Nick Willing destacou a importância do desenho para Paula Rego: “Para a mãe, o desenho é muito importante. Ela escolhe a história. Começa a desenhar e o desenho transforma a história. O desenho transforma a cabeça dela”.

A obra de Margarida Lestra Salvador vai agora, segundo Nick Willing, para uma parede onde Paula Rego tem também obras de artistas como Goya e Picasso.

“Passei o dia a dizer que era impossível”, disse Margarida Lestra Salvador, destacando estar “honrada ser reconhecida por ser uma artista que muito respeita e tem uma enorme admiração”.

A entrega do Prémio Paula Rego integrou o FIC - Festival Internacional de Cultura, que dedicou a tarde de domingo a Paula Rego. Antes da entrega do p´remio, esteve em debate “Eça de Queiroz e Charlotte Brontë na obra de Paula Rego”, que contou com as intervenções de Isabel Pires de Lima e Mário Avelar.

Saiba mais sobre o Prémio Paula Rego.

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais