CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

OP 2017: Escola 2,3 da Alapraia inaugura refeitório remodelado

Estão como novos o refeitório e a cozinha da Escola 2,3 da Alapraia. Uma obra OP tornada realidade.

Dezenas de alunos ocuparam hoje as mesas do refeitório da Escola 2,3 da Alapraia, na Freguesia Cascais-Estoril. Mas, ainda era muito cedo para almoçar. A tarefa desta manhã era bem mais importante. Receber o Executivo Municipal para, em conjunto, inaugurarem o novo refeitório.

Mais uma vez a comunidade educativa, em especial a Associação de Pais, autora da iniciativa, está de parabéns. É a terceira vez que concorrem ao Orçamento Participativo. E ganham sem contestação. “Quisemos transformar o nosso refeitório num local agradável, limpo, seguro e convidativo para os alunos”, afirmou Susana Catarino, presidente da Associação de Pais.

Missão cumprida, pois, quem conhecia aquele espaço, antes da remodelação diz que não tem nada a ver. O mobiliário existente era velho, mesas e cadeiras antigas que já não serviam nas salas de aula. Os cerca de 400 alunos que almoçam todos os dias na escola, tinham que o fazer por turnos porque não havia capacidade para acolher pouco mais de uma centena de cada vez. Os poucos micro-ondas existentes estavam sempre avariados e na cozinha faltavam equipamentos básicos, o que dificultava o trabalho da cozinheira e da sua equipa.

Esta é a terceira vez que a Escola 2,3 da Alapraia, através da comunidade educativa, constituída por Associação de Pais, professores, funcionários e alunos vê os seus projetos ganhar no âmbito do Orçamento Participativo.

“O OP é uma forma de concretizar projetos, mas também de deixar enraizado nos jovens o sentido de participação, dando-lhes um sentido de pertença a uma comunidade e de dever cumprido”, referiu Joana Balsemão, Vereadora da Cidadania na Câmara Municipal de Cascais.

A melhoria do refeitório não se fez só pelo mobiliário novo e reequipamento da cozinha, mas também pela própria decoração. As paredes, anteriormente, cobertas de velhos azulejos estão hoje decoradas com painéis informativos sobre a importância da água e chamando a atenção para matérias multidisciplinares como a reciclagem, ambiente e os recursos naturais.

“Para estes jovens que votaram três anos consecutivos no Orçamento Participativo, já é natural falar de cidadania e de participação. E este ano já estranham porque decidimos fazer uma pausa e não apresentámos projeto”, referiu Susana Catarino, proponente e presidente da Associação de Pais. PL

Sugerimos também

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais