CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Pluviosidade em Cascais supera chuvas de 1983

Mais de 120 pessoas mobilizadas no apoio à população

A autarquia, Proteção Civil e Bombeiros mobilizaram mais de 120 homens e mulheres” no apoio aos munícipes afetados pelas inundações provocadas por uma pluviosidade que, “só no período entre as 11h00 e as 13h00 teve uma intensidade muito superior à que tinha ocorrido aquando das inundações de 1983”, garante o presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, também ele a acompanhar a situação no terreno.

A grande preocupação centra-se agora no período a partir das 21h00 até às 23h00, pela previsão de uma maior intensidade das chuvas, que se prevê, adianta o autarca, “numa proporção superior à que caiu durante o período da manhã”. A isto, alerta Carlos Carreiras, junta-se o coincidente período de preia-mar, que aumenta “o receio de poder servir de tampão às águas da Ribeira das Vinhas, engrossadas pela elevada precipitação que se prevê possa vir a ocorrer”, agravando assim as inundações na Vila, ndesignadamente em estabelecimentos que estão abaixo da cota da Ribeiro e numa das zonas de risco de cheia dos mais elevados do país.

Neste momento adianta Carlos Carreiras, “as equipas que estão no terreno estão a dar apoio” aos munícipes afetados ou que que venham a ser afetados pelas inundações.

Zonas mais afetadas

No terreno desde manhã, Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal, vereadores e equipas do Serviço Municipal de Proteção Civil, Cascais Ambiente e Cascais Próxima estão a acompanhar a situação juntamente e a responder aos casos mais prementes, como o do Largo Camões, troço final da Ribeira das Vinhas nas traseiras do Mercado da Vila, Birre (com habitações particulares inundadas) e 3.ª Circular.

A queda de uma árvore de grande porte sobre a linha de comboio em São João do Estoril obrigou à interrupção da circulação ferroviária antes das 13h00 para trabalhos de remoção da árvore.

Com um caudal muito significativo, as ribeiras das Vinhas e dos Mochos estão sob vigilância máxima para a eventualidade de galgarem os respetivos leitos.

“A baixa de Cascais, embora já afetada por alguma aglomeração de água, está controlada”, garantiu, esta manhã, Carlos Carreiras ao Expresso, mas confirmou: “vamos continuar com as equipas no terreno". O autarca deixou ainda o apelo: "não se coloquem em situações de risco, nomeadamente a tentar atravessar linhas de água e concentrações de água".

A chuva intensa provocou também estragos no Pavilhão do Complexo Desportivo de Alcabideche, onde está a funcionar um dos Centros de Vacinação contra a Covid-19 no concelho. A água entrou e alagou uma parte do espaço utilizada para guardar materiais, mas não afetou nenhuma zona estratégica, nem por em causa a operacionalidade do espaço.

Se precisar de ajuda contacte os Bombeiros ou o Serviço Municipal de Proteção Civil: 214 607 610/214 815 960 Mais info aqui

Que medidas de prevenção e autoproteção deve adotar?

. Condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de lençóis de água nas vias;
. Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;
. Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
. Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas;
. Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos ou árvores, em virtude de vento mais forte;
. Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a inundações rápidas;
. Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos na orla marítima;
. Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

CMC /FH/HC

Cascais Digital

linha_146x65_1360_146x65mobi_146x65_0loja_146x65geo_146x65ambiente_146x65-01_2cultura_146x65_0jovem_146x65_0participa_146x65_0fix_146x65