Está aqui

Semana da Educação: Cascais dá voz aos jovens

O 1º Encontro dos Delegados de Turma do Secundário - Concelho de Cascais que esta quarta-feira aconteceu na Casa das Histórias Paula Rego, foi uma das novidades da Semana da Educação que está a decorrer em todo o concelho até 30 de novembro. Jovens das escolas secundárias debateram com o Presidente da Câmara Municipal e restante executivo questões relacionadas com a cidadania, ambiente, mobilidade urbana, vocação profissional, infraestruturas escolares, entre muitos outros.

O Auditório Maria Barroso esteve com lotação esgotada esta manhã e os jovens não deram descanso ao Executivo Municipal com perguntas pertinentes e sugestões que obrigaram o presidente, Carlos Carreiras e vereadores municipais, Frederico Pinho de Almeida, Nuno Piteira Lopes e Joana Pinto Balsemão, a tomarem muitas notas.

A iniciativa “Voz dos Jovens” teve, assim, bastante adesão e abriu a porta a que este tipo de “assembleias” em que os jovens partilham preocupações e debatem propostas e sugestões, frente a frente com quem tem o poder de decidir, se repita quer num plano mais alargado, a todos os representantes dos jovens nas múltiplas vertentes, quer numa escala mais restrita escola a escola.

“ Foram duas horas e meia de interação com os jovens que não esgotaram as questões” afirmou o vereador Frederico Pinho de Almeida que salientou a importância destas iniciativas que contribuem para a “participação cívica” desses jovens que estavam ali como representantes de todos os alunos do concelho. “Isto é algo que a Câmara Municipal de Cascais tem promovido de forma regular e que faz todo o sentido acontecer e não só na Semana da Educação”, referiu ainda o autarca.

“Estas iniciativas são essenciais para fazer chegar as nossas preocupações e sugestões aos que têm o poder autárquico” afirmou Marta Carvalhais, Presidente da Associação de estudantes dos Salesianos de Manique. A jovem estudante manifestou também a esperança que estes debates cultivem em quem decide “um maior empenho em resolver as questões levantadas”.

A aproximação dos jovens da “vida ativa e cívica” foi outra das grandes vantagens deste Encontro, apontada por António Saldanha, presidente da Associação de Estudantes da Escola Secundária de Cascais que sublinhou, ainda, a importância da “intervenção dos estudantes nas coisas que são do seu dia-a-dia e o terem uma voz que se faça ouvir”.

 

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisbanner_bairromuseus_0banner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais