CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Cascais previne incêndios florestais com alta tecnologia

Evitar incêndios florestais através de monitorização contínua.

Num ano particularmente difícil em termos de incêndios florestais no país, Cascais aposta na prevenção apoiando a introdução na Quinta do Pisão do projeto-piloto Smart Forest, uma solução de rede integrada de sensores, cuja informação pode ser consultada em tempo real e usada na mitigação de riscos de incêndio.

O projeto Smart-Forest, vencedor do Prémio Ericsson na competição Big Smart Cities, permite a monitorização contínua de parques e florestas colaborando assim na proteção dos ecossistemas da devastação provocada pelos fogos florestais.

O projeto-piloto visa a prevenção de fogos florestais através da utilização de sensores que recolhem dados para criar alertas em caso de risco de incêndio, uma nova monitorização que permite alertas aos tradicionais agentes envolvidos na prevenção e combate aos fogos florestais.

Com a instalação de cinco sensores na Quinta do Pisão, o projeto Smart Forest recolhe informação crítica para a prevenção de incêndios fornecendo, nomeadamente, os níveis de dióxido de carbono, humidade, força e direção do vento. Os dados são instantaneamente transmitidos pela rede móvel para um portal que analisa e interpreta essas informações através de sistemas de inteligência artificial, desencadeando avisos em caso de ameaça de risco iminente de incêndio.

Cascais foi a anfitriã da última edição do BIG Smart Cities, competição de inovação e empreendedorismo promovida pela Vodafone e pela Ericsson que premeia ideias tecnológicas para melhorar a vida de quem vive, trabalha ou visita, as cidades. Dos 240 candidatos a concurso, e depois de várias rondas, 20 startups chegaram à final da competição. SRS

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais