CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Festival Muraliza 2015: arte em cada esquina

Se não reconhecer as paredes da próxima vez que virar a esquina numa das ruas de Cascais, não se surpreenda. É provável que tenha acabado de se deparar com uma das 16 obras de arte urbana criadas no âmbito do Muraliza 2015 – Festival de Arte Mural.
Evento integrado no FIC – Festival Internacional de Cultura, o Muraliza é uma “aposta integrada no fomento e atração da criatividade e das manifestações artísticas” desenvolvido pelo município, que procura “promover Cascais lá fora”, refere Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais.
 
Add Fuel, Samina, Bosoletti (Argentina), Draw, Third, Millo (Itá- lia), Mário Belém, Carmelino e o Colectivo Altura foram os nove artistas nacionais e estrangeiros convidados para dar nova vida a paredes, portas, portões e caixas de eletricidade em vários recantos da vila.
 
Assim, quem passar pela Rua Afonso Sanches, Travessa da Ressurreição, ou Avenida de Sintra (junto ao posto de abastecimento de combustíveis), entre muitos outros locais, poderá encontrar a alma de Cascais imortalizada.
 
Representações de pescadores, evocando a tradição piscatória da vila, ou da lenda da Boca do Inferno, assim como reinterpretações do típico azulejo português, animam a paisagem urbana cascalense a partir de agora.
 
“A reação das pessoas é ótima. Gostam do que estamos a fazer”, destaca Lara Seixo Rodrigues, fundadora com o artista Mário Belém do projeto que arrancou no ano passado e que visa transformar Cascais num museu de céu aberto.
 
Por outro lado, o Festival de Arte Mural procura lembrar que Cascais foi o berço da arte urbana a nível nacional: “aqui foi o primeiro sítio [de Portugal] onde surgiu o graffiti, enquanto expressão plástica de rua”.
 
 

Sugerimos também

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais