CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Paula Rego e Rafael Bordalo Pinheiro em diálogo na Casa de Histórias | Inauguração da exposição Paródias 11 dezembro | 18h00

A crítica da vida e costumes portugueses da época em que viveram Rafael Bordalo Pinheiro e Paula Rego vai estar na Casa das Histórias Paula Rego a partir de dia 11 de dezembro com a exposição “Paródias”. Com inauguração marcada para as 18h00, trata-se de um circuito dedicado à obra dos dois artistas separados por mais de um século.

Rafael Bordalo Pinheiro (1846-1905) e Paula Rego (1935) usam a produção artística, sobretudo a gráfica, como meio privilegiado de crítica sociopolítica. As suas obras unem-se porque funcionam, muitas vezes, como elementos diluidores das hierarquias e da diferenciação entre a arte erudita e a popular, sempre comunicante com o tempo presente através das suas vozes, por vezes, mordazes e socialmente interventivas.


“Paródias” consiste, assim, num diálogo entre as obras dos dois artistas que transmitem, a partir de uma observação atenta do quotidiano, uma visão crítica da sociedade em que se inserem, sendo a ópera e o teatro dimensões artísticas frequentemente convocadas por ambos. Tanto em Bordalo Pinheiro, como em Paula Rego, a vida e o palco são objeto de dinâmicas trágico-cómicas entre personagens humanas animalizadas e animais humanizados. 


A escolha da obra de Rafael Bordalo Pinheiro para estabelecer um diálogo, não ilustrativo, com a obra de Paula Rego para nova exposição temporária, que fica patente até 12 de abril de 2015, vem confirmar a vontade da Câmara Municipal de Cascais de destacar a identidade própria da Casa das Histórias Paula Rego. Enquanto museu monográfico dedicado à obra da artista, este museu apresenta uma programação organizada em torno do universo temático, narrativo e disciplinar de Paula Rego.


Sobre a Casa de Histórias Paula Rego | Com projeto de arquitetura de Eduardo Souto de Moura, Prémio Pritzker 2011, a Casa das Histórias Paula Rego foi inaugurada em setembro de 2009. É o mais internacional espaço museológico do concelho de Cascais. Foi em 2006 que Paula Rego escolheu Cascais para a construção da "sua" Casa das Histórias, um museu que exibe um conjunto significativo da sua obra gráfica e algumas obras do marido, Victor Willing, artista e crítico de arte, falecido em 1988.


Sobre Paula Rego | Paula Rego nasceu a 26 de Janeiro de 1935 em Lisboa. Iniciou estudos no Colégio Integrado Monte Maior, seguindo para a St. Julian's School, em Carcavelos, onde os professores cedo lhe reconheceram o talento para a pintura. Prosseguiu o seu desenvolvimento artístico em Londres, onde estudou na Slade School of Fine Art, até 1956. Em 1970 radica-se definitivamente em Londres, onde constrói uma carreira de grande reconhecimento internacional onde, a par de Maria Helena Vieira da Silva, é a pintora portuguesa mais aclamada a nível internacional, estando colocada entre os quatro maiores pintores vivos em Inglaterra.


Sobre Rafael Bordalo Pinheiro | Rafael Augusto Prostes Bordalo Pinheiro (Lisboa, 21 de Março de 1846 — 23 de Janeiro de 1905) foi um artista português de obra vasta dispersa por largas dezenas de livros e publicações, precursor do cartaz artístico em Portugal, desenhador, aguarelista, ilustrador, decorador, caricaturista político e social, jornalista, ceramista e professor. O seu nome está intimamente ligado à caricatura portuguesa, à qual deu um grande impulso, imprimindo-lhe um estilo próprio que a levou a uma qualidade nunca antes atingida. É o autor da representação popular do Zé Povinho, que se veio a tornar num símbolo do povo português.


Casa das Histórias Paula Rego
Avenida da República, 300 -270-475 Cascais
Email: info@casadashistorias.com
Tel: 21 482 69 70
Horário de Inverno: diariamente das 10h às 18h00 (1 de novembro a 31 de março)

Sugerimos também

Cascais Digital

360_146x65mobi_146x65loja_146x65geo_146x65ambiente_146x65-01cultura_146x65jovem_146x65participa_146x65fix_146x65my_146x65