Está aqui

Conhece um caso de Violência Doméstica?

Dada a dimensão do fenómeno da violência doméstica nas nossas sociedades, pode dizer-se que todas as pessoas e todas as organizações podem ter contacto com casos de violência doméstica.
 
Enquanto colegas, amigos/as, vizinhos/as e profissionais, todas as pessoas têm a responsabilidade de estar atentas a este tipo de crime e de não “naturalizar” as situações de violência com que tomam contacto.
 
Sou amigo/conhecido Sou profissional+ Informação Contactos
Sou amigo/conhecido
A família e as pessoas amigas podem constituir um apoio fundamental para as vítimas de violência doméstica, desempenhando por vezes um papel decisivo no desenrolar da situação.
 
As vítimas de violência são frequentemente sujeitas a isolamento social, ficando sem rede de apoio emocional, o que dificulta ainda mais a procura de ajuda.
 
Caso um familiar, colega, uma pessoa amiga, vizinha ou qualquer outra pessoa que conheça lhe tenha contado estar a viver uma experiência de violência doméstica, faça o possível para a ajudar. Aqui encontra algumas recomendações úteis.
 
Se você, ou alguém que conhece é ou foi vítima de violência doméstica, existem várias organizações que podem ajudar. Procure ajuda num dos serviços de apoio especializado (APAV/Espaço V) existentes em Cascais.
Sou profissional
As pessoas que trabalham nas organizações do concelho podem desempenhar um papel fundamental junto das vítimas de violência doméstica. A forma como atuam pode condicionar o desenrolar de uma situação.
 
As organizações membro do Fórum Municipal de Cascais contra a Violência Doméstica construíram o Roteiro Rede Segura  (ver infra) que visa definir e implementar um conjunto de procedimentos e padrões de qualidade na intervenção de toda a Rede Social no domínio da violência doméstica. O Roteiro disponibiliza informação e instrumentos práticos que podem ajudar a:
 
 SABER detetar casos de VD
 SABER abordar as vítimas de violência doméstica 
 SABER reagir a uma revelação
 SABER o que fazer em situações de emergência
 SABER avaliar o grau de risco da situação 
 SABER que tipo de informação recolher sobre as situações
 SABER ajudar a vítima a efetuar um plano de segurança pessoal
 SABER onde estão e quais são os recursos existentes
 SABER como encaminhar
 SABER intervir de forma integrada nos casos de violência doméstica
+ Informação Contactos
APAV – Gabinete de Cascais
A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima é uma instituição particular de solidariedade social, pessoa coletiva de utilidade pública, que tem como objetivo estatutário promover e contribuir para a informação, proteção e apoio aos cidadãos vítimas de infrações penais. 
É uma organização sem fins lucrativos e de voluntariado, que apoia, de forma individualizada, qualificada e humanizada, vítimas de crimes, através da prestação de serviços gratuitos e confidenciais.
Telefone: 21 466 42 71
E-mail: apav.cascais@apav.pt
Horário de funcionamento: dias úteis: 10h00-13h00 / 14h00-19h00 | sábado: 10h00-13h00 (sujeito a marcação)
Pessoa de contacto: Carolina Gomes (Gestora do Gabinete)
 
Espaço V
O Espaço V é o Serviço de Atendimento e Acompanhamento a Vítimas de Violência Doméstica de Cascais.
Dispõe de uma equipa multidisciplinar com grande experiência na área da violência doméstica capaz de providenciar apoio psicológico, atendimento social e aconselhamento jurídico.
O Espaço V procura trabalhar em estreita colaboração com todas as entidades do Concelho com vista a uma intervenção integrada com os vários serviços disponíveis.
O Serviço é Gratuito e Confidencial.
Telefone: 210994321
E-mail: cooperactiva@gmail.com
https://www.espacov.org/
Horário de funcionamento: dias úteis (sujeito a marcações)
Pessoa de contacto: Mário Jorge (Psicólogo) Silva ou Elsa Figueiredo (Técnica de Serviço Social)

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisbanner_bairromuseus_0banner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais